• Milena Coraiola

Como evitar a perda de colágeno para evitar a flacidez e envelhecimento da pele

Atualizado: 6 de Nov de 2019



Percebeu que a sua pele já não é mais tão firme como antes e que a passagem dos anos trouxe efeitos para o seu rosto? A flacidez da pele e o surgimento de rugas como o temido bigode chinês e os pés de galinhas são alguns sinais da perda de colágeno, proteína que dá firmeza e sustentação para a pele.


Pode parecer assustador em um primeiro momento, mas a perda de colágeno é um processo completamente natural. Portanto, não se sinta sozinho. Todo mundo um dia vai passar ou já passou por isso. A boa notícia é que existem várias formas de evitar a perda dessa proteína, reduzir a flacidez da pele e conservar uma aparência mais jovem.


É sobre elas que vou falar ao longo deste post. Continue comigo!


O que é colágeno e qual sua importância para o organismo?


O colágeno é uma proteína produzida pelas células do nosso próprio corpo para dar firmeza, elasticidade e sustentação à pele e às cartilagens. Importante para as articulações, cabelos, ligamentos, músculos, órgãos internos, tendões e unhas, é um aliado tanto para a saúde quanto para a beleza. Evita a flacidez da pele.


Só para você ter ideia da importância dele para o organismo, o colágeno forma um terço da proteína corporal. Como se fosse uma cola, é ele que mantém nossas células unidas.


Mas como nem tudo são flores, existe um momento da vida em que a produção de colágeno começa a cair. O que dá espaço para os sintomas do envelhecimento cutâneo, como o surgimento da flacidez, rugas e linhas de expressão.


Como acontece a perda de colágeno?



A perda de colágeno começa a partir dos 30 anos de idade e segue reduzindo cerca de 1% ao ano. Com essa degradação natural das fibras de colágeno, a pele fica mais frágil e menos elástica, ou seja, mais flácida.


Com a queda gradual na produção de colágeno, essa substância é substituída por outro tecido. E a gente percebe quando isso acontece: a pele fica flácida, as rugas aparecem, os cabelos ficam mais finos e as unhas enfraquecem.


Como a falta de colágeno acelera o envelhecimento da pele e de outros órgãos, torna os músculos flácidos, reduz a densidade dos ossos e enfraquece articulações e cartilagens. Isso explica porque é tão comum ver idosos tomando suplementos de colágeno hidrolisado.


O que nem todo mundo sabe, porém, é que existem alguns fatores que podem acelerar a perda da substância.


Causas da perda de colágeno


A perda de colágeno pode acontecer por diversos fatores, confira os principais deles:

• baixa ingestão de fontes da proteína, como carnes brancas e vermelhas;

• consumo exagerado de açúcar;

• dietas restritivas;

• estresse;

• exposição ao sol sem proteção;

• falta de estímulo à produção da substância com o uso de dermocosméticos ou tratamentos estéticos;

• tabagismo.


Então, nada mais justo do que mudar esse quadro para voltar a estimular a produção de colágeno e ter uma pele mais firme. Concorda?


Como evitar a perda de colágeno em 7 dicas


Mesmo sendo a perda de colágeno um processo natural e inevitável, existem formas de reduzir a flacidez da pele e recuperar sua elasticidade.


Veja como evitar a perda de colágeno e manter a pele jovem por mais tempo em sete dicas:


1. Beba pelo menos dois litros de água por dia



Por mais que você provavelmente já tenha cansado de ouvir essa recomendação, reforço outra vez porque, de fato, é importante. Ao beber água é possível regular a temperatura do corpo, diminuir o inchaço, melhorar a circulação sanguínea e manter a pele hidratada de dentro para fora.


Outro motivo para beber pelo menos dois litros de água por dia? Uma pele desidratada é o cenário perfeito para que os radicais livres entrem em ação e destruam o colágeno da pele.


2. Evite exageros no consumo de açúcar


Entendo que doces são quase irresistíveis principalmente em momentos em que os nervos estão à flor da pele, mas é preciso maneirar. Afinal, o açúcar quebra as fibras colágenas em um processo chamado de glicação.


3. Faça refeições mais nutritivas



Como já era de se esperar, alimentações desequilibradas também influenciam a produção do colágeno no organismo. Por isso, a recomendação é comer alimentos ricos em proteínas e vitaminas que estimulem a produção da substância.


Fique por dentro de algumas sugestões que podem ser facilmente incluídas ao seu cardápio:

• fontes de proteínas contribuem para a formação de colágeno como carnes e ovos;

• frutas vermelhas que, por si só, são boas antioxidantes;

• laranja, limão e mamão apresentam grande quantidade de vitamina C, nutriente que participa da síntese de proteínas;

• vegetais de cor laranja contêm vitamina A, essencial para restaurar o colágeno danificado.


4. Proteja a pele da exposição solar


Além de prevenir a pele do envelhecimento, do câncer e das manchas, proteger a cútis da exposição solar também ajuda a evitar a perda de colágeno. Isso porque os raios solares formam radicais livres que destroem as fibras de colágeno e deixam a pele mais fina, com rugas, poros e vasos dilatados.


Então, não deixe de aplicar o protetor solar todos os dias e, inclusive, em dias nublados.


5. Proteja a pele da poluição



Sabe todos aqueles cuidados que as influenciadoras digitais da área da beleza têm com a pele todos os dias? Me refiro, por exemplo, ao uso de adstringente e tônico antes de aplicar creme de hidratação noturna. Elas não fazem isso à toa, mas para proteger a pele da poluição a qual estamos expostos todos os dias.


Pois é, embora não pareça, a nossa pele sofre muito com o desgaste provocado pelo ar poluído. Parte dessa poluição se fixa na nossa pele e assim ela absorve essas toxinas que por sua vez formam radicais livres que prejudicam as fibras de colágeno.


Quer algumas dicas extras para proteger sua pele da poluição diária? Além de lavar o rosto com sabonete próprio para o seu tipo de pele, crie o hábito de usar esfoliantes ou máscaras detox. Eles ajudam a desprender essas toxinas da cútis e a dar um fôlego para o colágeno do seu corpo.


6. Use creme hidratante no rosto e em áreas mais finas como colo e pescoço


Uma pele ressecada pela falta de água só tende a acelerar a perda de colágeno.

Então, para manter a pele hidratada não deixe de usar seu creme hidratante preferido para prevenir a flacidez e as rugas de pele. Com componentes específicos para proteger as fibras de colágeno, eles evitam que elas se rompam.


7. Invista em tratamentos estéticos para estimular o colágeno e reduzir a flacidez da pele


Outra dica para suavizar os sinais do envelhecimento da pele provocados pela perda de colágeno é recorrer a tratamentos estéticos como laser, microagulhamento ou peeling.


Quer saber mais sobre eles? Vamos lá!


Laser



Além de ajudar a estimular a produção de colágeno, o tratamento estético com laser é indicado para quem quer fechar os poros, deixar a pele mais lisa e acabar com as manchas. Simples e rápido, consiste na emissão da energia do laser para a região do corpo a ser tratada.


Existem vários tipos de laser disponíveis no mercado, mas variam de acordo com o tipo de pele do paciente. Portanto, procure sempre tirar suas dúvidas antes de qualquer tratamento para entender até que ponto é indicado para a sua necessidade.


Microagulhamento


Com o uso de microagulhas que penetram na pele e causam microperfurações, o microagulhamento também impulsiona a produção de colágeno. Isso acontece através do processo cicatricial.


É bastante indicado para quem quer suavizar cicatriz de acne, melasma, poros e rugas. Pode ser realizado na face ou no corpo.


Peeling


Outro tratamento estético que estimula o colágeno, clareia a pele, dá brilho e firmeza é o peeling. Como promove um rejuvenescimento facial, aumenta a elasticidade da pele e também é indicado para o tratamento de acne, cicatrizes, manchas e pintas.


Com resultados visíveis desde a primeira sessão, o peeling ajuda ainda a reduzir a oleosidade da pele e a aumentar a produção de colágeno.


Quer ficar com aquela pele de bebê? Então, essa é a opção mais indicada para você, pois melhora significativamente a aparência e a textura da pele.


Conclusão


Como você acaba de ver, opções para prevenir e evitar a perda de colágeno não faltam. Com pequenas mudanças de hábitos e cuidados preventivos é possível conquistar uma pele mais jovem e saudável por muito mais tempo.


Gostou deste post sobre como evitar a perda de colágeno? Então, compartilhe o link com amigos e amigas que passaram dos 30 e que também querem reduzir a flacidez da pele. Para ficar por dentro de outros cuidados para se manter jovem por mais tempo continue acompanhando o blog da Belle’s Estética e Laser. Volte sempre!

137 visualizações

Rua Francisco Ader 98, Capão Raso, Curitiba - PR

  • Facebook Clinica Belle´s
  • Instagram Belle´s